Questões gerais

Conversa geral sobre o Almansur, feedback e sugestões

Moderators: psantos, llandeiro

Posts: 12
Joined: Sat Oct 28, 2006 11:37 am

Questões gerais

Postby gdgp » Wed Sep 02, 2009 11:21 am

Alo,

Estou a aprender a jogar Almansur e tenho dois assuntos que me estão a causar dúvidas:

1º Eu no início do jogo queria retirar algumas tropas da minha garrison para irem conquistar territórios e afins, mas o que aconteceu foi que acabei por criar um exército que ficou na minha capital e com o qual não consigo fazer nada e nem sequer está na garrison como devia. Ou seja não consigo voltar a colocá-lo na garrison e não consigo movê-lo. Que posso fazer nesta situação?

2º Quando envio um exército para conquistar territórios de uma land com a qual tenho uma relação de "Peace" ou seja não sou nem aliado nem amigo, a guerra não deveria ser declarada automaticamente? Penso que até diz isto na wiki. O que me acontece é que as ordens são ignoradas e os exércitos ficam no mesmo sítio, já me aconteceu em vários jogos dinâmicos que estão a decorrer, alguma coisa que não estou a compreender sobre esta situação?

Thanks

Posts: 280
Joined: Thu Oct 26, 2006 3:13 pm

Re: Questões gerais

Postby psantos » Wed Sep 02, 2009 9:12 pm

gdgp wrote:1º Eu no início do jogo queria retirar algumas tropas da minha garrison para irem conquistar territórios e afins, mas o que aconteceu foi que acabei por criar um exército que ficou na minha capital e com o qual não consigo fazer nada e nem sequer está na garrison como devia. Ou seja não consigo voltar a colocá-lo na garrison e não consigo movê-lo. Que posso fazer nesta situação?


Neste momento não é possível retirar as tropas que começam em guarnição. Existe um bug que permite cancelar a ordem, mas elas depois ficam num limbo. A nossa ideia é passar a permitir que elas sejam retiradas de guarnição. Claro que aí vai reaparecer o problema que existia, de os jogadores inexperientes retirarem a tropas e deixarem as fortalezas vazias :?

gdgp wrote:2º Quando envio um exército para conquistar territórios de uma land com a qual tenho uma relação de "Peace" ou seja não sou nem aliado nem amigo, a guerra não deveria ser declarada automaticamente? Penso que até diz isto na wiki. O que me acontece é que as ordens são ignoradas e os exércitos ficam no mesmo sítio, já me aconteceu em vários jogos dinâmicos que estão a decorrer, alguma coisa que não estou a compreender sobre esta situação?


Ooops :oops: Reparei agora que essa página do wiki não foi convenientemente revista, e que contém ainda coisas que já não são verdade... De facto, neste momento, é obrigatório a declaração de guerra. Isto foi modificado para evitar que jogadores traidores ;) passassem num turno de "Amizade" para "Guerra" (mandavam uma mensagem para passar de amizade para paz, e depois invadiam o ex-aliado com a declaração de guerra automática). O wiki vai ser corrigido. Obrigado por relatar esse problema.

Posts: 12
Joined: Sat Oct 28, 2006 11:37 am

Re: Questões gerais

Postby gdgp » Thu Sep 03, 2009 11:56 am

gdgp wrote:Adiciono agora a questão nº 3 ;) : Dado que as acções de descanso e treino (penso eu) são "passadas" quando existem outras ordens em queue nos exércitos, não é possível "forçar" que o exército descanse? Visto que por vezes quero mesmo que ele descanse antes de partir para batalha.


Isso foi uma das coisas que também foi simplificada na versão 2. Já não se podem definir datas para as ordens começarem. Se der uma ordem de "rest", "train" ou "battle", em principio ela vai durar até ao principio do turno seguinte, a não ser em certos casos especiais, como ter "battle" seguido de um "conquer" ou um movimento para outro território.

Ainda há alguma discussão se o sistema será um pouco alterado para ter menos excepções e as regras ficarem mais claras, ao mesmo tempo que evitamos abusos (como dar 20 ordens de descanso para começar a mexer no dia 20 do mês :( )

Posts: 280
Joined: Thu Oct 26, 2006 3:13 pm

Re: Questões gerais

Postby psantos » Fri Sep 04, 2009 11:20 pm

gdgp wrote:
gdgp wrote:Adiciono agora a questão nº 3 ;) : Dado que as acções de descanso e treino (penso eu) são "passadas" quando existem outras ordens em queue nos exércitos, não é possível "forçar" que o exército descanse? Visto que por vezes quero mesmo que ele descanse antes de partir para batalha.


Isso foi uma das coisas que também foi simplificada na versão 2. Já não se podem definir datas para as ordens começarem. Se der uma ordem de "rest", "train" ou "battle", em principio ela vai durar até ao principio do turno seguinte, a não ser em certos casos especiais, como ter "battle" seguido de um "conquer" ou um movimento para outro território.

Ainda há alguma discussão se o sistema será um pouco alterado para ter menos excepções e as regras ficarem mais claras, ao mesmo tempo que evitamos abusos (como dar 20 ordens de descanso para começar a mexer no dia 20 do mês :( )
Moderators Note: Arg! Em vez de responder ao post, editei-o :( :( Too litle sleep, I guess...

Posts: 12
Joined: Sat Oct 28, 2006 11:37 am

Re: Questões gerais

Postby gdgp » Sat Sep 05, 2009 11:55 am

Pois estou a ver que é difícil de balancear, mas uma coisa concordo, quanto menos excepções existirem melhor porque penso que é isso que acaba por baralhar mais.

Pois, descansar de tempos a tempos dá jeito :P

Posts: 93
Joined: Mon Aug 31, 2009 10:55 pm

Re: Questões gerais

Postby Woah » Sat Sep 05, 2009 12:38 pm

Já agora, algo que ainda não percebi ao certo é se mandar um exército que não está com o máximo de descanso descansar e de seguida battle / conquerer para outro território o exército descansa até estar no máximo "status" e depois move-se ou move-se logo no dia seguinte? Pensei que fosse o primeiro caso mas o comentário do psantos quando aos possíveis "abusos" deixou-me a pensar na duração / prioridades quando se dá várias ordens seguidas.

Posts: 280
Joined: Thu Oct 26, 2006 3:13 pm

Re: Questões gerais

Postby psantos » Mon Sep 07, 2009 6:32 pm

Em princípio deve mover-se logo. Só se a ordem for para o mesmo território (tipo Rest-Battle) é que ele fica um turno inteiro em Rest, e depois passa a "battle" no Turno seguinte.

Posts: 7
Joined: Sun Apr 29, 2007 3:30 am

Re: Questões gerais

Postby deepblue » Thu Mar 11, 2010 10:20 am

a que se referem precisamente os "activos" na página com os pontos de vitória?
neste jogo que termina eu tenho mais activos que vários dos jogadores com mais territórios e muito mais recursos. :lol:
os upgrades feitos ás minas, quintas e outros, contam?

experimentei fazer crescer algumas cidades e não me pareceu que fosse compensar, nem a médio prazo. com um crescimento médio de 100 habitantes/turno nas cidades imperiais, e pouco mais em ducados, só compensaria subir de nível após algumas dezenas de jogadas.
aliás vi várias cidades que fui conquistando já no vermelho. dá-me ideia que alguns jogadores apostam claramente no crescimento militar em detrimento das cidades, sabendo que o jogo irá acabar antes de serem penalizados por isso. qual a penalização por deixar a cidade no vermelho?

também me pareceu difícil chegar com as minas e outros, ao nível 5. mesmo o 4 é arriscado com os mais de 20 turnos até atingir o lucro. só mesmo em territórios sem risco de qualquer ataque.
os recursos necessários para fazer os upgrades mais altos não são difíceis de juntar. ex: 33600 ducados para uma mina 5, com um aumento de 4500 na produção não é nada caro. mas 25 turnos de construção com o jogo tão adiantado parece-me muito.

diverti-me à grande neste jogo que termina, e a vocês que o criaram e o mantêm a funcionar um grande abraço. :D :D :D

Posts: 280
Joined: Thu Oct 26, 2006 3:13 pm

Re: Questões gerais

Postby psantos » Sat Mar 13, 2010 5:21 pm

Os "activos" (assets em Inglês) é o valor dos recursos que estão na posse do jogador.

Os upgrades às minas, cidades, etc, fazem aumentar o valor em pontos de vitória dos territórios onde se encontram, num valor aproximado a 50% do custo em recursos.

Quanto à questão dos upgrades, é uma das coisas que ainda precisa de algum ajustamento nesta beta. Alguns custam demais para a duração média do jogo. Mas a ideia de existirem apenas 5 níveis (caros) de cada edifício é para os jogadores se concentrarem na decisão estratégica no nível, em vez de terem de fazer dezenas de upgrades em dezenas de territórios todas as jogadas.

Pessoalmente acho que o armeiro de nível 5 é muito importante, especialmente para as raças com tropas caras. O upgrade das cidades é mais ou menos importante dependendo do nível de população. Uma população a vermelho praticamente não se reproduz. Quintas e Minas em territórios adequados devem ir até nível 3 em jogos curtos e nível 4-5 em jogos mais longos.

Return to Mesa Redonda

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest